BioBrasil: Programas infantis da TV brasileira

Continua a série de programas dedicados às crianças da casa: esta semana apresentamos três programas infantis da televisão brasileira.

Talvez o mais emblemático todos seja Castelo Rá-Tim-Bum, produzido e exibido pela TV Cultura entre maio de 1994 e dezembro de 1997. A série conta a história de Nino, um menino de 300 anos que vive com o tio, o Dr. Víctor, um mago e cientista muito divertido, e com a tia-avó Morgana, una feiticeira de 6000 anos de idade, que é um verdadeiro poço de sabedoria. Os três vivem em um castelo cheio de animais mágicos e seres sobrenaturais. Apesar da companhia dessas criaturas, Nino se sente só sem ter amigos da sua idade. Por isso, prepara um feitiço com o qual acaba trazendo para o castelo três crianças que saiam da escola: Zequinha, que é o mais jovem de todos e que não para de perguntar o porquê de tudo; Biba, uma menina negra e inteligente, sempre disposta a propor loucas aventuras; e Pedro, intelectual e criativo, com uns óculos que misteriosamente mudam de cor. O contraponto malvado fica por parte do Dr. Abobrinha, um especulador imobiliário obcecado por construir um edifício de 100 andares no lugar do castelo. Para isso, se disfarça e tenta constantemente que os habitantes do castelo assinem um contrato de venda, mas sempre sem sucesso. Castelo Rá-Tim-Bum é uma obra do dramaturgo Flavio de Souza e do diretor Cao Hamburger, e tem a honra de ser o programa com o orçamento mais alto de toda a história da TV Cultura, já que seus primeiros 70 capítulos custaram a bagatela de 1,2 milhões de dólares. O enorme sucesso da série fez com desenvolvessem vários tipos de produtos complementares de livros a várias peças teatrais, e um filme lançado em 1999 e dirigido por, como não podia ser de outra maneira, Cao Hamburger.

Outra série mítica da TV Cultura é Cocoricó, que começou a ser emitida em abril de 1996. O argumento conta a história de Julio, um menino de 8 anos que vai passar as férias de verão na fazendo dos avós. O lugar é a Fazenda Cocoricó, localizada na fictícia cidade de Cocoricolândia, um lugar mágico e encantado, onde os animais falam, cantam e dançam, além de provocar todos os dias encrencas e confusões muito divertidas. No início, Julio está incomodado e contrariado na fazenda, mas pouco a pouco vai se apaixonando pela beleza do campo e da natureza, decidindo-se por ficar ali para sempre. Os seus melhores amigos e companheiros de aventuras são o cavalo Alípio, as galinhas Lilica, Lola e Zazá, o papagaio covarde Caco, a vaca Mimosa, a inteligente índia Oriba e o morcego pessimista Toquinho. Na granja vizinha, encontramos Vina e Torquato, dois patos que passam o dia tramando maldades contra o pessoal da fazenda. Cocoricó deixou de ser exibido em 2001, quando a TV Cultura começou a produzir a série “Ilha Rá-Tim-Bum”, inspirada no afamado Castelo, já que o novo projeto absorveu praticamente toda a equipe e estrutura de Cocoricó.

“A galinha pintadinha” é um projeto criado pelos produtores Juliano Prado e Marcos Luporini. Em dezembro de 2006, a dupla decidiu disponibilizar em Youtube um vídeo de animação infantil para apresentar a uma produtora de São Paulo, já que não poderiam estar presentes na reunião prevista, e queriam que a equipe da produtora visse o material. Os executivos da produtora em questão não aprovaram o projeto, e tudo ficou por aí. Seis meses depois, Juliano e Marco, que não tinham eliminado o vídeo de Youtube, se deram conta de que o material tinha muitas visualizações, quase meio milhão! Vendo que podiam ter sucesso, o projeto seguiu adiante com a publicação do DVD Galinha pintadinha e sua turma, que contava com animações em 2D de personagens infantis e canções de domínio público como Dona Baratinha. Em 2010, com o apoio da SOM livre, a equipe lançou um segundo DVD, a Galinha pintadinha 2, que somente no primeiro mês vendeu mais de 100 mil cópias e acabou conseguindo um duplo disco de platina. O sucesso permitiu-lhes promover outros produtos como brinquedos de pelúcia, livros e até aplicativos para o celular, além de chegar aos cenários com a Galinha pintadinha o musical, com a direção de Ernesto Piccolo, indicado em duas ocasiões para os prêmios Shell. Atualmente, o vídeo que deu origem a este império já foi assistido mais de 450 milhões de vezes.

Youtube de Castelo Rá-Tim-Bum: https://www.youtube.com/user/videocasteloratimbum

Página oficial Castelo Rá-Tim-Bum: http://cmais.com.br/castelo#

Trailer do filme Castelo Rá-Tim-Bum: https://www.youtube.com/watch?v=DtHmVGrSDW4

Canal oficial em Youtube de Cocoricó: https://www.youtube.com/channel/UCA6Roeo-qFVk3jvjAdag7Uw

Canal oficial em Youtube de A galinha pintadinha:

https://www.youtube.com/results?sp=mAEB&search_query=galinha+pintadinha

Página oficial de A galinha pintadinha: https://www.galinhapintadinha.com.br/

Compartir

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no skype
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Relacionado:

Em colaboração com o Museu da Vida, apresentamos a troça carnavalesca pernambucana dedicada à divulgação científica.
A segunda parte da biografia de um dos médicos e pesquisadores brasileiros mais destacados do século XX.
Anterior
Próximo