7 de setembro, Dia do Brasil

Comemore com a gente uma das datas mais importantes do Brasil: o dia da Independência do reino de Portugal.

Em 7 de setembro de 1822, Dom Pedro de Alcântara, filho do rei de Portugal, D. João VI, declarou oficialmente a independência do Brasil, às margens do rio Ipiranga. Assim, findavam 322 anos de domínio português e começava uma nova era para a antiga colônia, transformada em Império.

Desde então, o 7 de setembro é um dos dias festivos mais importantes do Brasil, quando se comemora o nascimento de um país independente.

Por isso, o CEB participa nesta data com atividades para celebrar, desfrutar e compartilhar a cultura brasileira.

AGENDA (DE 6 A 25 DE SETEMBRO)

Entre 6 e 7 de setembro a fachada do Palácio de Maldonado, sede do Centro de Estudos Brasileiros, estará iluminada com as cores da bandeira do Brasil. A sede do CEB está na Plaza de San Benito, nº 1. Venha ver este bonito espetáculo!

No dia 7, às 20h00, o teatro Juan del Enzina estreia Nación Indígena (2020), um ensaio documental que trata do delicado tema das populações indígenas brasileiras. Depois do filme haverá uma conferência com o diretor do filme, Juan Figueroa, autor de “Fazedor de montanhas” (2008), quem já passou também pelo programa BMQS.

Na sexta-feira, 10 de setembro, a partir das 11h00, a Plaza de San Benito será o palco de uma homenagem cívico-cultural, um evento para todos os brasileiros e amigos do Brasil, e que este ano contará com participantes presenciais e em modalidade on-line. Mais tarde, está programada uma degustação da gastronomia brasileira no restaurante Domo Delaire (na Plaza de la Constitución), para provar da comida e música brasileira num espaço seguro. Consulte a informação completa neste link.

No dia 17 de setembro, às 12h00, oferecemos uma conversa com os criadores e colaboradores do projeto “Brasil de Nações”. Quem são, suas trajetórias e contribuições para a cultura brasileira em Salamanca… Um pouco de arte, música e literatura em um evento no qual participarão Claudia Albuquerque, Nelson Caron, Alex Criado, Juan Figueroa e Kalinca Costa. A conversa será transmitida através das redes sociais.

Finalmente, e em colaboração com a Fundação Cultural Hispano Brasileira, o encerramento da programação com o concerto de Vanessa Borhagian e Carlos Mankuzo dedicado às damas do samba: como começaram, quem são as principais cantoras, compositoras e sambistas da atualidade, etc. O concerto será no sábado, 25 de setembro, às 20h00, na Biblioteca Municipal Torrente Ballester (Paseo de los Olivos, 10), com entrada livre até completar a lotação.

Venha comemorar com a gente este dia tão especial! Estamos te esperando!

Fecha y hora

06/09/2021 10:00 pm

Fecha de inicio

06/09/2021

Fecha de fin

25/09/2021

Compartir

Relacionado:

Edimundo Santos, Carlos Mankuzo e David Tavares cantam a história da música brasileira num concerto no Teatro Juan del Enzina, da Universidade de Salamanca.
A Casa de Oswaldo Cruz (Brasil) e o Centro de Estudos Brasileiros organizam uma exposição fotográfica sobre as origens de uma das instituições científicas
O professor de tupi antigo, da Língua Geral Amazônica colonial, Eduardo Navarro, tratará sobre o trabalho de transcrição e tradução de um conjunto de
Anterior
Próximo