Seminário: A Santa Sé e os processos de independência

O Centro de Estudos Brasileiros oferece no próximo dia 3 de fevereiro às 11:00 horas o seminário "La Santa Sede y los procesos de independencia: las Bulas Sollicita Catholicis y Praeclara Portugaliae en las discusiones del Parlamento Imperial de Brasil – constitucionalización del patronato regio (1826-1827)", que será ministrado pelo Prof. Dr. D. Jairdilson da Paz Silva.

Portada bula03.02.2016

O Centro de Estudos Brasileiros oferece no próximo dia 3 de fevereiro às 11:00 horas o seminário “La Santa Sede y los procesos de independencia: las Bulas Sollicita Catholicis y Praeclara Portugaliae en las discusiones del Parlamento Imperial de Brasil – constitucionalización del patronato regio (1826-1827)“, que será ministrado pelo Prof. Dr. D. Jairdilson da Paz Silva.

Depois do processo de independência, o Brasil Império passará por outras duas importantes provas: o reconhecimento por parte das demais nações da formação de um novo Estado e a luta para que o Sumo Pontífice concedesse ao monarca brasileiro os poderes de patrono da “Igreja brasiliense”, como havia feito já com os monarcas portugueses séculos antes. Para isso o governo imperial do Brasil empreendeu uma grande ofensiva diplomática em busca do reconhecimento das grandes potências da época. Não obstante, o reconhecimento internacional do Império do Brasil passará por uma peculiar negociação com o papado, sobretudo por sua crescente participação nas relações de poder no Brasil. Estas negociações estavam condicionadas ao prévio reconheicmento de Portugal de D. João VI por ter elevado o Brasil à categoria de reino, ao se tratar de seu príncipe natural. Este ânimo favorável também se dirigia a D. Pedro I, tanto por ser a emperatriz uma Habsburgo, Austríaca, como por ser o imperador o legítimo heredeiro do trono português. Houve um intenso debate no Parlamento Imperial acerca da legislação emitida pelo papado – as Bulas Sollicita Catholicis e Praeclara Portugaliae – e sobre as questões técnicas da concessão dos poderes de patrono da igreja nacional ao imperador brasileiro, ambas questões que serão abordadas no seminário com todo detalhe.

Jairdilson da Paz Silva é doutor em Historia do Direito Constitucional por Salamanca, professor de História do Direito e advogado no Brasil, membro do Grupo de Pesquisa das Independências da Universidade de Salamanca – INDUSAL. Além disso, encontra-se realizando uma estância de pesquisa pós-doutoral na Faculdade de Direito desta mesma universidade.

O seminário é gratuito e as pessoas interessadas receberão um certificado de participação, mas é necessário realizar a inscrição no seguinte formulário online.

Compartir

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no skype
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Relacionado:

Até 31 de maio de 2021, aberto o prazo para submissão de originais para a Revista de Estudios Brasileños.
Anterior
Próximo