Sarau do MV: leitura dramatizada de textos de “Cuéntame un cuento”

O "Sarau do Museu da Vida" (Fiocruz, Brasil) inclui em sua programação a leitura dramatizada de dois contos do concurso "Cuéntame un cuento".

O primeiro conto é “Urucum, Cor de Sangue“, vencedor da quarta edição do concurso. O autor, Tales Volker, nos coloca, literalmente, na pele de muitos jovens indígenas que têm que escolher entre a tradição ou a modernidade e para quem a vida na cidade, fora da floresta, significa, muitas vezes, a perda da própria identidade. A pintura corporal, feita com sementes de urucum, é uma das expressões culturais mais arraigadas entre as populações originárias do continente americano, e dá título a um relato emotivo, que deixa um sabor amargo na boca.

O segundo texto é de autoria de Luiz Henrique Moreira Soares, intitulado “Tristes Trópicos“, contemplado com o segundo lugar na edição de 2018, e publicado no livro Brasil todavía. Historias de resistencia, que reúne onze pequenas histórias que mostram a face mais dura de um país que ainda tem que superar muitos desafios sociais, políticos e econômicos, mas onde a esperança, a luta e, principalmente, a resistência de um povo disposto a seguir adiante, são como um raio de sol no meio de uma tempestade.

O) “Sarau do Museu da Vida” é dirigido pela atriz Leticia Guimarães, que também atuará na apresentação, junto com os atores Gustavo Ottoni, Lílian Corrêa, Pablo Aguilar e Rebecca Gotto.

Informação completa aqui.

O concurso de relato breve “Cuéntame un cuento” é uma iniciativa do Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca, em colaboração com Ediciones Ambulantes, e tem como objetico incentivar a produção literária sobre temas relacionados com a cultura brasileira.

Os livros publicados com os relatos vencedores e finalistas das edições anteriores estão disponíveis para download gratuito:

Brasil, historias en pedazos (edição 2017).

Brasil todavía. Historias de resistencia (edição 2018).

Brasil, memorias del interior (edição 2019).

Cores amazónicas (edição 2020).

Compartir

Relacionado:

O encontro aconteceu na Reitoria da Universidade de Salamanca.
O programa do CEB na Rádio USAL conversa com Marcos Vieira, um dos fotógrafos selecionados no programa de Residência Artística de Fotografia 2022.
Um programa destinado a facilitar a tradução e divulgação de obras brasileiras no exterior, que este ano conta com uma seção especial dedicada a
A mostra estará aberta à visitação até 12 de maio no hall da Faculdade de Economia e Empresa, Filosofia e Ciências Sociais da USAL.
Anterior
Próximo