“La Amazonia Clásica en la colección de João Meirelles Filho”, uma exposição dedicada à origem da iconografia sobre a Amazônia.

As gravuras, reunidas ao longo de quatro décadas, mostram como foi forjada a imagem clássica da Amazônia a partir do início do século XIX até meados do século XX.

No próximo 20 de janeiro o CEB inaugura a exposição “La Amazonia Clásica en la colección de João Meirelles Filho. Lo espectacular y lo cotidiano”, como parte do Seminário “Amazonia brasileña y comunidades indígenas en los siglos XX y XXI”. A inauguração contará com la presença do autor e curador da mostra, o pesquisador João Meirelles Filho, diretor do Instituto Peabiru (Brasil), dedicado aos direitos dos povos originários, à conservação e à pesquisa científica e do diretor do CEB, o profesor Ignacio Berdugo.

Leia a notícia completa  na Tribuna Universitaria e em El Norte de Castilla.

Compartir

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no skype
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Relacionado:

Sumissão de entrevistas para a REB até 31 de maio de 2021.
O diretor do Centro de Estudos Brasileiros, Ignacio Berdugo, e o diretor do Instituto peabiru, do Brasil, João Meirelles, por modalidade online, apresentaram na
Bruno Ayllón, um dos maiores especialistas sobre o tema das relações entre a Espanha e o Brasil, doa parte da sua biblioteca, disponibilizando as
Um dos maiores especialistas na Espanha sobre as relações entre o Brasil e a Espanha, fala sobre livros e autores para conhecer melhor a
O CEB apresenta aos meios de comunicação seus próximos projetos relacionados com a Amazônia brasileira.
Anterior
Próximo