Vozes amazônicas

Um ciclo de entrevistas realizado em colaboração com o Instituto Peabiru, de Belém do Pará (Brasil).
 

No próximo 17 de março, às 18h00 (hora Espanha peninsular), o CEB e o Instituto Peabiru, inauguram uma colaboração com um ciclo de entrevistas online. Com o título Vozes amazônicas, o projeto pretende dar visibilidade aos diferentes grupos sociais e às principais agendas contemporâneas da Amazônia brasileira.

Nesta ocasião, a entrevista será realizada por João Meirelles, escritor e diretor do Instituto Peabiru, com a liderança quilombola Raimundo Magno Nascimento, do quilombo África e Laranjituba, em Mojú (Pará). Raimundo é mestre em sustentabilidade pela Universidade Nacional de Brasília (UnB, Brasil) e colaborador em Malungu, a Coordenação das Associações das Comunidades Remanescente de Quilombo do Pará.

Quilombos e quilombolas

Quilombolas é o termo para denominar as pessoas afrodescendentes e remanescentes de comunidades constituídas por escravizados fugitivos entre os séculos XVI e XIX.

Atualmente, há aproximadamente quinze mil comunidades quilombolas espalhadas por todo o território brasileiro. Muitas delas lutam pela garantia do direito à propriedade de suas terras, estabelecido no artigo 68 da Constituição.​ Os estados com o maior número de comunidades quilombolas são Bahia (229), Maranhão (112), Minas Gerais (89) e Pará (81).

Entrevista a Raimundo Magno Nascimento

A entrevista será transmitida ao vivo através das redes sociais do CEB: Facebook e Youtube e é totalmente gratuita. Siga-nos nas redes sociais e fique por dentro de toda a programação.

Fecha y hora

17/03/2021 6:00 pm

Fecha de inicio

17/03/2021

Fecha de fin

17/03/2021

Compartir

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no skype
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Relacionado:

A vida cotidiana das populações originárias do alto Xingú (Mato Grosso, Brasil), como forma de reivindicar um estilo de vida em risco de extinção.
Uma mostra que pretende despertar consciências, de forma didática, sobre a importância de preservar os ecossistemas para as futuras gerações.
Um curso de especialização, destinado a pós- doutorandos, e realizado em modalidad on-line, em colaboração com a Faculdade Instituto Rio de Janeiro.
João Meirelles entrevista Mayra Castro, advogada e especialista em relações internacionais.
Anterior
Próximo