Arquitectura colonial brasileña, o novo catálogo da Residência Artística de Fotografia do CEB

Marcos Sanchez mostra, nesta obra fascinante, a face mais desconhecida das cidades brasileiras.

Já está disponível o catálogo da exposição “Arquitectura colonial brasileña”, com as fotografias de Marcos Sanchez, um dos selecionados no programa de Residência Artística de Fotografia de 2019. O Brasil tem muitas cidades fundadas durante o período Colonial (1500-1822), ainda que nem todas tenham um núcleo histórico tão bem preservado como as reunidas aqui para esta exposição. Paraty (Rio de Janeiro), Diamantina, Tiradentes (ambas em Minas Gerais) e Salvador (Bahia), são as cidades selecionadas por Marcos Sanchez para mostrar a beleza e singularidade de uma paisagem urbana diferente da habitual quando se pensa no Brasil. O catálogo conta com um texto de apresentação do Prof. Dr. José Manuel Santos, da área de História da América da Universidade de Salamanca. O catálogo está disponível para download aqui. Consulte o catálogo na página de ISSUU.

Compartir

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no skype
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no email

Relacionado:

Até 31 de maio de 2021, aberto o prazo para submissão de originais para a Revista de Estudios Brasileños.
Anterior
Próximo